Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Odebrecht: propinas de obras fora eram pagas no Brasil

O Globo - Dimitrius Dantas
Os recursos utilizados pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht para o pagamento de propinas vinham dos lucros de obras da empresa no exterior, não no Brasil, segundo a representação apresentada pela Polícia Federal e que deu origem à 35ª fase da Operação Lava-Jato. No documento, os delegados apontam que o ex-ministro Antonio Palocci era procurado por Marcelo Odebrecht e outros executivos do grupo para interferir a favor da Odebrecht na obtenção de acordos para execução de obras públicas financiadas com recursos do BNDES em países como Angola, Venezuela, República Dominicana, Panamá e outros.
A origem dos valores eram três contas de subsidiárias da empreiteira: a OSEL Angola, a OSEL-Odebrecht Serviços no Exterior e a Odebrecht Serviços no Exterior. Algumas contas internacionais da Odebrecht são alvo de investigações na Suíça e a empresa tenta impedir que detalhes sobre as movimentações financeiras da empreiteira sejam enviados para a força-tarefa da Lava-Jato.
“Havia, e isso pode ser afirmado sem sombra de dúvidas, um elevado, sofisticado e sobretudo profissionalizado esquema verdadeiramente criminoso implementado pela Odebrecht para a produção de corrupção em escala global”, escreveu na representação o delegado Felipe Hille Pace, que assina o documento.


Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial