Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Estudante de Petrolina (PE) vence campeonato nacional de xadrez e disputará Sul-americano em dezembro

Petrolina, Sertão de Pernambuco, conquistou o segundo lugar na competição nacional de xadrez dos Jogos Escolares da Juventude 2016, realizada na capital da Paraíba, João Pessoa, no último dia 23 deste mês. Disputando por Pernambuco, o aluno Álvaro Cristiano Miguelino Sousa, 13 anos, do Plenus Colégio e Curso, ganhou a medalha de prata e foi classificado para representar o Brasil no 22º Campeonato Sul-americano Escolar, na Colômbia, em dezembro.

Álvaro voltou para Petrolina, no último sábado (24), depois de uma semana de disputa em que ficou atrás apenas do representante de Minas Gerais. Das seis partidas em que competiu, venceu cinco e empatou uma. Os juízes então decidiram o campeonato por critérios de desempate. De acordo com o professor de Xadrez do Plenus, Emílio José de Santana, o rapaz vem demonstrando habilidade nas competições de xadrez desde cedo. “Acompanhamos o Álvaro ainda quando ele era uma criança de cinco anos de idade, disputando o que via pela frente”, disse.

Nestes Jogos Escolares da Juventude, o aluno petrolinense competiu com outros 26 estudantes, da categoria de 12 a 14 anos, pelas medalhas de ouro, prata e bronze. Com a competição acirrada, teve partida que levou 61 minutos para o competidor mover uma peça do tabuleiro. Para Álvaro Sousa, as experiências em campeonatos municipais, estaduais e nacionais o ajudaram a manter a calma nas jogadas. “Tanto eu quanto outros alunos da escola já viajamos bastante por outras cidades e estados do país, participando de várias competições. Acho que isso me ajudou a refletir bem no que eu estava fazendo e a não ficar nervoso”.
Para competir em João Pessoa, o estudante teve que vencer o campeonato pernambucano de xadrez. Saiu invicto dos jogos nacional e agora se prepara para o Sul-americano. “Quero deixar o Brasil entre as primeiras colocações”, afirma o rapaz, que formará a delegação brasileira com o estudante vencedor por Minas Gerais e outras duas meninas (de Minas e Santa Catarina), campeãs do feminino.   Álvaro, que está no 9º ano do Ensino Fundamental do Plenus, acrescentou que a evolução das disputas tem sido seu “combustível”. “As competições estão ficando mais difíceis e isso vem me motivando muito”, diz.

Segundo o professor Emílio, o Plenus Colégio e Curso buscou “apoiar ao máximo o talento” do aluno. “Além do treinamento, fazemos acompanhamento dos estudantes para que eles possam potencializar suas qualidades”, afirma. O educador reiterou que Álvaro tem o momento para o treino, estudo e para o lazer. “O treinamento dele dura duas horas. Tudo é feito para que tenha bom desempenho naquilo que ele gosta de fazer, priorizando sua Educação e os momentos de diversão”, explica.


Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial