Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Afogados da Ingazeira: Emídio entrega carta de compromisso à ONGs

Na tarde desta quinta-feira 01.09, o candidato a prefeito de Afogados da Ingazeira, pela coligação União Pelo Povo, Emídio Vasconcelos (PT), seu vice Ramiro Simões (Ramirinho), junto com o candidato a vereador Jair do PT e as candidatas a vereadoras, Antonieta Guimarães e Fabiana Ângelo, além de coordenadores e assessores da campanha de Emídio, estiveram em uma reunião na sede da Diaconia em Afogados da Ingazeira, com representantes de ONGs como Diaconia, Casa da Mulher do Nordeste, STR, Grupo Mulher Maravilha, Fórum de Mulheres, Grupo Fé e Política, Rede de Mulheres Produtoras do Pajeú e Projeto Dom Helder Câmara.

A reunião foi articulada por Afonso Cavalcanti (Diaconia) com o propósito de receber uma resposta a algumas propostas e encaminhamentos que foram elaborados durante a 14º SEMEIA – Semana do Meio Ambiente. Estas propostas e encaminhamentos haviam sido entregues há algumas semanas ao candidato Emídio, com a intenção de que algumas delas pudessem ser abraçadas pelo candidato, se tornando um compromisso pós-eleição, sendo o candidato eleito.
Falando sobre as propostas Emídio explicou o motivo pelo qual resolveu adotar 99% das propostas incorporando-as ao seu Plano de Governo. “Faz parte não só do programa do governo, como também faz parte da minha crítica à gestão dos últimos anos”.

Emídio se mostrou preocupado com uma das propostas que trata sobre agricultura familiar  e falou da importância de se fortalecer esta cultura, “Eu sou filho de agricultor rural familiar e defendo-a, entendo que ela não está em conflito com o agronegócio, acho que elas são áreas complementares que precisam ser preservadas e incentivadas pelo poder público, eu fico muito a vontade por conhecer as duas realidades e me preocupa muito, porque meu pai tem oitenta e dois anos e essa realidade dele não é isolada, e ele tem apenas um filho que vive da agricultura familiar e nenhum neto, o que eu quero dizer é que com essas políticas públicas, seja do governo federal, estadual ou municipal, nos vamos acabar com a agricultura familiar, a tendência dela é acabar, é preciso reverter essa discussão e para se reverter é preciso ter iniciativas objetivas. Como você conceber uma escola rural, feito aquela construída num prédio belíssimo pelo governo federal na Carapuça e no São João, sem aulas de práticas agrícolas. Como a gente quer retê-las no campo, não porque a gente não quer elas venham se assim elas quiserem, mas terem a opção de se quiser ficar, ficar no campo, elas não tem a opção de ficar, só tem de sair”, disse Emídio.
Emídio também afirmou mais uma vez que não fará a disputa eleitoral e sim a disputa política, “faço essa disputa neste contexto, por acreditar que independente do resultado eleitoral, se a gente conseguir extrair do adversário um compromisso com isso e ele colocar em prática, eu já me dou por satisfeito, valeu a pena fazer a disputa, porque pôde provocá-lo a assumir um compromisso e se ele honrar esse compromisso, esperando que não seja um compromisso eleitoral, que seja uma concepção de vida, uma concepção de sociedade, que seja uma visão de mundo, porque isso aqui que vocês estão fazendo não é um processo pra um candidato ganhar uma eleição não, é pra se o candidato quiser, quando chegar ao poder ter um instrumento de transformação da sociedade e pra mim o poder só serve pra isso”, afirmou Emídio.

No final da reunião, Emídio recebeu das mãos de Fátima Silva do Grupo Mulher Maravilha e Fórum de Mulheres, uma lista de propostas com políticas públicas voltadas para as mulheres, Emídio ficou de analisar e ver o que poderia ser incorporado ao seu Plano de Governo, assim como fez com o documento da 14ª SEMEIA.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial