Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Estradas que cortam o Sertão de Pernambuco oferecem riscos aos motoristas

As condições das rodovias que cortam o Sertão Central de Pernambuco permanecem oferecendo perigo a motoristas que precisam trafegar por elas. As reclamações são muitas e vão desde os buracos até os animais soltos no meio da pista.
Na rodovia PE-475, que liga Salgueiro à cidade de Cedro, já dá para perceber a falta de manutenção pela placa de sinalização. Ela tem cerca de 20 Km de extensão e muitos buracos. Segundo os motoristas que trafegam por ela, essa estrada é conhecida como uma das piores da região. “Das que conheço, é a pior que eu já vi. Está ruim daqui até o Ceará”, disse o motorista, Pedro dos Santos.
Alcimar Santos faz linha em transporte alternativo no Sertão e conta que a falta de manutenção só piora. “Cada vez é só piorando e mais para frente ainda está pior. Cada vez  fica pior ainda”, lamentou.
Em outras estradas estaduais, a exemplo da PE-555, que vai de Parnamirim a Petrolina, as queixas dos motoristas se repetem. “É muito buraco. Daqui até Lagoa Grande é buraco demais. A situação é feia”, explicou o motorista, Abdias Palmeira.
Na BR-116 falta sinalização em alguns trechos. Na BR-232, os animais soltos na pista, representam um perigo constante. “É um absurdo. A gente não pode nem trafegar de dia nem de noite, porque é muito jumento, muito cavalo, bode nas BRs e a gente termina, muitas vezes, colidindo com outro veículo para livrar o animal na pista”, disse o funcionário público, Paulo da Silva.
Nas BR's, quem fiscaliza os animais soltos na pista é a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que disse fazer rondas constantes na BR-116 e, sempre que possível, apreende os animais soltos. Eles informaram ainda que esse trabalho é realizado em parceria com as prefeituras, que encaminham os bichos para os Centros de Zoonoses. Os animais só são liberados após os proprietários pagarem multa e taxas. Em caso de o animal estar envolvido em acidente com morte, o dono do animal pode responder por homicídio culposo.
Sobre os problemas de falta de sinalização na BR-116, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) não respondeu às solicitações. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) também não deu resposta sobre quando serão feitos os reparos nas PE-555 e PE-475.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial