Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Carnaiba: FETAPE, CUT, Sindicato, Grupo Petribu e moradores debatem indenizações dos moradores da Santa Rosa

 Cerca de quarenta moradores do Povoado de Santa Rosa, localizado a menos de 04 Km do centro de Carnaiba, no sertão de Pernambuco, estiveram reunidos na manhã desta terça feira 23, com Representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Pernambuco -FETAPE, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Carnaiba, Representantes da Prefeitura Municipal e com Francisco Petribu, responsável pelo empreendimento Cimento Pajeú, da fábrica instalada dentro da comunidade. A pauta discutido foi a desapropriação dos moradores e as reais situações em que estão convivendo as familias com os trabalhos da fábrica.
 A prefeitura foi representada por Sales, da Secretaria de Obras, que logo deixou a reunião compreendendo que quem deveria participar da reunião seria a Assessoria Juridica por ter conhecimento das ações e o poder de decisões dos acordos entre moradores, fábrica e prefeitura.
O encontro que aconteceu na capela da comunidade contou ainda com o Presidente da CUT Carlos Veras que compreendeu a situação da fábrica que não tem culpa da atual situação de desapropriação das familias.

 Para Francisco Petribu, representante da fábrica cimento Pajeu, o problema se arrasta desde 2010 quando foi assinado um acordo com o então prefeito Anchieta Patriota e o ex governador Eduardo Campos, haja vista o desejo da fabrica em ser instalada no municipio de Flores ou Quixaba, mas que lhe foi oferecido a terra já desapropriada e pronta para a instalação da fábrica que se isenta de qualquer culpa e responsabilidades, mesmo assim vem atendendo a demanda de problemas auxiliando as familias em várias situações.
Ele afirmou ainda que quando foi convidado a instalar a fabrica em Carnaiba foram lhe oferecidos pela prefeitura (na época Anchieta Patriota) um total de 175 hectares de terras para a instalação da fábrica.
-"Não fui eu que pedi o sitio Santa Rosa, essa área foi adquirida pela prefeitura em 2010. O então prefeito nunca se reuniu com a fabrica e com os moradores para explicar a situação, fazendo a  empresa entrar em conflito com os moradores". Disse Francisco Petribu.
 Diante de todos o responsável pela empresa ainda destacou: -"Se hoje eu pudesse tirar a fábrica de Carnaiba e por em outro lugar eu tiraria. Não quero causar desconforto a ninguém. Quero que seja resolvido tudo afinal de contas foram repassados para a prefeitura o valor de R$ 350.000,00 (Trezentos e cinquenta mil reais)~." Concluiu, reafirmando que foram para indenizações e esse o valor não chegou a ser repassado aos moradores.
 Carlos Veras, pediu para que a Assessoria Juridica  da FETAPE, acionasse judicialmente a prefeitura para esclarecimentos do destino do valor repassado pelo governo do estado para indenizações, o que foi atendido pelo advogado Dr. Pascoal. 
Também faltaram a reunião além da Assessoria Juridica do municipio, a Promotoria Pública.



1 comentário

ADAILTON RODRIGUES em 23 de agosto de 2016 16:33

Está bem claro que, os políticos envolvidos neste processo, não agiram de forma correta com o povo, justiça seja feita, Eduardo Campos, sabe Deus, já teve a sua! qual será a justiça do Dr. Anchieta? o povo ou Deus decidirá!!!

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial