Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

POLÊMICA EM TABIRA: NÃO ACORDO DE DINCA DEVERÁ TER ARRAIÁ DO DINCÃO CANCELADO

Dinca Brandino
Um valor de R$ 3 milhões de reais do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Municipal- FEM, bloqueados, que a prefeitura de Tabira tem que receber desde a  gestão do ex prefeito Dinca Brandino, na época no PSB, pode fazer com que a prefeitura de Tabira, proíba a realização da 12ª Edição do Arraiá do Dincão, que deveria acontecer na próxima sexta feira 24, em frente a sua residência no centro da cidade com shows de Harry Estigado, Delmiro Barros, Gleydson Gavião e a dupla Celso & Thiago.
Flávio Marques
Em contato com a Rádio Cidade FM, de Tabira, o ex prefeito Dinca Brandino, afirmou que a festa vai ser realizada, independente de qualquer coisa.
Grosseiro o ex gestor disse que quem cuidava das coisas dele era ele e que o comunicador Fabrício Ferreira fosse cuidar de seu programa, desligando o telefone na sequência.
Também por telefone, o Secretário de Administração Flávio Marques, afirmou que a prefeitura pode sim barra a realização do evento, haja vista que o prefeito não aceita fazer o acordo para assinar um Termo que libera o valor bloqueado pelo FEM, impossibilitando o prefeito de Tabira de Trabalhar, prejudicando assim toda a população que deixa de ter obras na cidade devido a falta de recursos bloqueados na má gestão de Dinca.
Ainda segundo Flávio Marques, se o evento fosse em um terreno particular do ex prefeito, a atual gestão não teria de proibir nada, mas por se tratar de um espaço publico, tem que ter o aval da prefeitura.
-"Dinca é um destemperado, um lobo vestido em pele de cordeiro". Disse Flávio.

Dinca prestou um serviço com uma empresa na qual sua esposa era sócia. Pelo fato de ser uma servidora, a Lei diz que não pode firmar contrato com órgãos públicos.
ENTENDA O CASO:
Porém, antes, essa mesma empresa tinha ganhado uma licitação para realização de uma obra. A partir do momento que foi descoberto, não pagaram mais a empresa. Abriram uma conta e colocaram todo o restante que faltava, até que Dinca resolvesse a situação. Nisso, Dinca se recusou assinar o documento para que fosse enviado ao governo do estado, para prestação de contas do FEM 2015, E 2016. Como não aceitou assinar, alegando que ainda existe débitos, Tabira corre o risco de perder 03 milhões de reais do governo do estado, por não poder firmar convênio com o mesmo, até que a situação seja resolvida. Em contra partida, o secretário de ADM, Flávio Marques, disse que pra ele realizar o evento precisa-se de autorização da prefeitura, por se tratar de uma via publica.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial