Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

Agricultor leva picada de cobra ‘jararaca’ e morre por falta de soro antiofídico no Hospam, em Serra Talhada

Âncora.
Há cerca de quinze dias um agricultor natural do município de Carnaubeira da Penha, no Sertão Central, levou uma picada de cobra jararaca e foi socorrido para o Hospital Regional Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, porém, ao chegar na unidade deparou-se com a falta do soro antiofídico e foi transferido para o Recife, porém ao chegar no município de São Caetano veio a óbito.
Na sessão da Câmara de Vereadores dessa segunda-feira (13), vereador Pessival Gomes (PHS) alertou sobre a ocorrência e também a falta de ambulâncias a disposição do povo serra-talhadense. “O agricultor levou uma picada de cobra (jararaca) e ao chegar no Hospam, informaram que não tinha soro (antiofídico), depois o transferiram para o Recife, mas o paciente morreu no caminho, próximo de São Caetano”, disse, lamentando a triste realidade da saúde pública no município.
O vereador Pinheiro do São Miguel (PTB) reclamou do Governo do Estado de Pernambuco, apontando que uma cidade do porte de Serra Talhada, e que tem um hospital regional não pode ficar sem o soro antiofídico. “O governo do Estado precisa dar respostas para estes problemas e não deixar se acumular”.
DISTRIBUIÇÃO
O soro que o paciente precisava está sendo disponibilizado apenas para as cidades de Caruaru, Arcoverde, Salgueiro, Petrolina e Recife. A Lei n° 12.283 foi aprovada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) em 18 de novembro de  2002 pelo presidente Romário Dias, afirma que “ficam obrigadas todas as instituições de saúde estaduais, classificadas como de nível secundário e recebedoras de soro antiofídico polivalente, a repassarem 25% (vinte e cinco por cento) de seus estoques de ampolas aos hospitais de nível primário”.

Comentários

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial