Quixaba -PE

Quixaba -PE
  • title
  • Title
  • Title

.

.

AGRICULTORA É AGREDIDA E HUMILHADA POR MÉDICO DENTRO DE HOSPITAL DE FLORES-PE

Dona Conceição foi agredida e humilhada pelo médico dentro do Hospital de Flores-PE
Indignada, a senhora Maria da Conceição Quirino Vital, agricultora de 52 anos, procurou a Redação do Blog do Cauê Rodrigues, para denunciar os maus tratos sofridos no final da tarde da ultima segunda feira 23, no Hospital Municipal de Flores, onde foi agredida fisicamente e moralmente pelo médico identificado por ela apenas como Dr. Glauco e algumas enfermeiras que estavam de plantão.
Dona Conceição ao lado da irmã Iracema
Dona Conceição, como é conhecida, moradora da Rua Bejamim Constant, no centro de Flores, que sofre de depressão, começou a passar mal quando foi socorrida por policiais militares até o referido hospital.
Ao ser atendida, dona Conceição afirma em vídeo que levou tapas na cara, foi chamada de cão, cachorra e que a mesma era coisa do demônio. Sofreu humilhações e foi amarrada por enfermeiras e pelo tal médico, que por sinal reside em Princesa Isabel-PB.

Comovida com o fato, sua irmã Iracema, procurou juntamente com a irmã agredida, a Policia Civil, onde denunciaram o caso e também levarão ao conhecimento da Promotoria Pública de Flores.
Chorando, dona Conceição disse; - “O que me revolta é ter votado numa mulher que a gente esperava fazer o bem pra Flores, mas fomos enganados. Só na minha família foram doze votos que ela teve, nos decepcionou. Ganhou e acabou com Flores trazendo esse tipo de gente pra trabalhar aqui”.

O caso será levado ao Ministério Público ainda esta semana. Acompanhe o vídeo na íntegra;

8 comentários

Unknown em 24 de maio de 2016 19:04

Eu falo e não tenho medo de faLar... ele é um animal sem estudo sem caráter e sem vergonha....nojento safado... fazer isso com uma pessoa indefesa e que não tem maldade nenhuma. Não falo o que ele merece, porquê não sou Deus para julgar mas clamo a Deus o julgamento imediato desse ser irracional e selvagem.

Eronaldo Carlos Campos em 24 de maio de 2016 21:50

Queria que alguém sensibilizace com a situação dessa senhora! Ela foi agredida por alguém que deveria zelar da sua integridade física e moral

jaine candido em 24 de maio de 2016 23:17

Fico indignada com esse tipo de situação, pois uma pessoa que é médica tem como missão preservar e zelar pela vida, pela saúde das pessoas, pra isso é extremamente necessário que se tenha integridade e ética, posso dizer q o médico que fez isso desrespeitou a ideologia se sua profissão, e não tem o mínimo direito de exerce-la.

Artes do João em 25 de maio de 2016 16:28

Nossa que falta de amor ao próximo meu Deus...absurdo.

michely pereira nunes pereira em 25 de maio de 2016 22:35

Pois trabalho com ele há anos. Nunca vi ele fazer isso com ninguém. Interessante que após esse ridículo comentário pessoas ainda saem de flores para vir se consultar com ele. Porque será?

Unknown em 27 de maio de 2016 18:17

A paciente que supostamente foi maltratada termina envolvendo política pelo meio... falando e criticando a atual gestão. Me parece algo viciado, relacionado ao fato de ser ano eleitoral.

Unknown em 30 de maio de 2016 11:27

A verdade sempre vem à tona. Interessante é que o artigo foi retirado do blog do Cauê Rodrigues. Felizmente eu tenho uma gravação desta mesma postagem a qual será em boa hora apresentada às autoridades policias para averiguação da justiça sobre os CRIMES DE CALÚNIA E DIFAMAÇÃO. É necessário aplicar a mesma regra do olho por olho, dente por dente. Quem fala o que quer corre o risco de ouvir o que não quer. E quem publica inverdades e não tem gabarito profissional pra dar vazão a versão dos dois lados (estando mais interessado baderna pública e confusões políticas) pode se surpreender com decisões judiciais. Prepare-se pra gastar muito nas farmácias de Carnaíba (Cauee Roodriiguees Sossa Lucena) com dipirona e tilenol, pois esse seu erro lhe trará muita dor de cabeça.

Maria de Lourdes de Lima em 30 de maio de 2016 11:32

Em contato com Juru em Destaque, o médico Glauco Suassuna falou com exclusividade a respeito da acusação de que o mesmo teria agredido e humilhado uma paciente dentro da unidade hospitalar do município de Flores, em Pernambuco, de acordo com o que foi noticiado na última terça-feira (24) através do Blog do Cauê Rodrigues.
Segundo a postagem veiculada no mencionado blog pernambucano, a senhora Maria da Conceição Quirino Vital, agricultora de 52 anos, teria procurado a Redação daquele veículo de comunicação para denunciar que havia sofrido maus tratos no final da tarde da última segunda-feira, no Hospital Municipal de Flores, alegando ter sido agredida física e moralmente pelo Dr. Glauco Suassuna e algumas enfermeiras que estavam de plantão, e inclusive teria sido amarrada e levado tapas na cara.
Conforme entrevista gravada em vídeo, a paciente afirma que sofre de depressão e que após passar mal havia sido levada ao hospital por policiais militares, onde teria acontecido o fato.
Versão do médico Glauco Suassuna
Diante da repercussão da matéria divulgada no Blog do Cauê Rodrigues sobre a denúncia apresentada pela senhora Maria da Conceição Quirino Vital, o médico Glauco Suassuna se diz constrangido e indignado com a atitude do proprietário do blog por não ter ouvido também a sua versão sobre o fato denunciado antes de publicá-lo.
Frisando que é graduado em medicina há mais de treze anos, o Dr. Glauco Suassuna nega veementemente a acusação contra ele e afirma que a senhora Maria da Conceição Quirino chegou ao hospital municipal de Flores, onde o mesmo se encontrava de plantão, apresentando sintomas de depressão ou problemas mentais e foi atendida na frente de outros pacientes que estavam esperando o atendimento do médico.
Segundo o Dr. Glauco, a senhora Maria da Conceição teve no hospital um comportamento inadequado e desmedido, tendo proferido palavras impróprias para um local público, dizendo inclusive que estava endiabrada, além de fazer necessidades fisiológicas no leito de internamento e jogar sangue no piso após retirar o equipamento da medicação que havia sido prescrita.
Ainda de acordo com o médico, em virtude do comportamento inadequado da denunciante, dezesseis pacientes que se encontravam internados em quatro leitos separados, apavorados e descontrolados abandonaram por volta da meia noite a internação juntamente com seus acompanhantes.
Quanto a versão de que teria sido amarrada, o médico afirma que teve que utilizar lençois do hospital e fazer contenção da paciente no leito, por entender que se tratava de uma psiquiátrica que estava em surto e assim pudesse evitar que a mesma se automutilasse ou machucasse alguém, e acrescenta que tal medida se fez necessária por ser aquele um hospital geral que não dispunha de outros mecanismos adequados para a situação.
Entrevistado pelo programa Sertão Notícias, da Rádio Cultura FM da cidade de Serra Talhada - PE, o médico Glauco Suassuna disse discordar da versão errônea publicada pelo Blog do Cauê Rodrigues e lamenta que o fato tenha conotação política, conforme se vê pelas palavras da denunciante quando diz que havia votado na prefeita do município de Flores mais que estava revoltada e decepcionada com a mesma.
"Vivemos numa região formada por pequenos municípios onde se respira política 24 horas e, infelizmente, em muitos dos casos os fatos são deturpados com a finalidade de favorecer a algum político", conclui o Dr. Glauco, dizendo que vai buscar os meios legais a fim de exigir reparação de danos pelas informações distorcidas e caluniosas a seu respeito.

Obrigado!
Sua mensagem será avaliada.

Anterior Proxima Página inicial